Dra. Ana Claudia Montezino - CRN 5510

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Matéria Publicada na Revista Vida Natural... Boa leitura!

Olá amigos e clientes do Consultório de Nutrição,

Segue o link da matéria publicada na Revista Vida Natural com a participação da nutricionista Ana Claudia Montezino, tudo sobre Kiwi.

Boa leitura e ótima semana.

O VERDE ESTÁ EM ALTA

Comer kiwi todos os dias é um reforço e tanto contra doenças do coração e câncer.
Inclua a fruta no cardápio e comprove seus benefícios

http://revistavidanatural.uol.com.br/saude-alimentos/34/o-verde-esta-em-alta-comer-kiwi-todos-os-162044-1.asp

Livraria da Vila e Dra. Ana Claudia Montezino

Gostaria de convidá-los para participar do evento:
Café com Leitura que será realizado na Livraria da Vila do Itaim em 27 de MARÇO de 2010 (sábado) a tarde.
Vai ser um bate papo com muitas dicas e novidades!
A participação é gratuita.

*Segue o link para aqueles que não conseguirem visualizar o conteúdo no e-mail.
http://www.livrariadavila.com.br/Eventos/Eventos.aspx

Boa semana, Ana Claudia


Loja Itaim Rua Dr. Mário Ferraz 414 - Itaim Telefone: (11) 3073-0513
sábado, 27 de março de 2010

PALESTRA
CAFÉ COM LEITURA: ALIMENTAÇÃO - SIMPLICIDADE E RESULTADO

Livro: FORMA LIGHT
Autor: ANA CLÁUDIA MONTEZINO
Editora:MARCO ZERO

A nutricionista e escritora dá informações práticas e simples sobre como quebrar as barreiras que nos impedem de obter sucesso quando queremos melhorar a alimentação, seja para reduzir o peso, manter a saúde ou melhorar o rendimento na atividade física.
Ana Claudia Montezino é nutricionista, formada pela PUC Campinas, especialista em nutrição pela UNIFESP/EPM.

Data: 27 de Março 2010
Horário: das 15h às 16h
Local: TÉRREO

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

QUEM É? O QUE FAZ?


ALIMENTAÇÃO! PRÁTICA IDEAL PARA SAÚDE.

A nutrição é a chave fundamental para a manutenção da saúde. Em alguns momentos nosso corpo necessita de atenção especial, e isto não deveria ser diferente em qualquer fase da vida. O conhecimento dos nutrientes que são necessários para manter um organismo saudável pode tornar a alimentação uma prática simples e eficaz. Fatores como a vida agitada e o consumo de alimentos de baixa qualidade podem piorar a saúde pela má nutrição.Saiba como melhorar sua saúde através da alimentação.



  • Orientação nutricional individualizada.

  • Acompanhamento para adultos, gestantes, terceira idade, patologias, cirurgias do estômago (gastroplastias- pré e pós operatório), emagrecimento e reeducação alimentar.

  • Desenvolvimento de Projetos para empresas (palestra, treinamento, assessoria, consultoria).

  • Atendimento domiciliar.

Convênios atendidos:METRUS / CET / LINCX / GEAP
Parcerias / Descontos:Banco Alfa / Citibank / Caixa Ec. Federal / UNIMED / MRA / CRECI

Informações:
Tel(11): 3285-2685 / 3285-2111

Estado agora é responsável pela alimentação da população

O Congresso Nacional promulgou, em 4 de fevereiro, a Emenda Constitucional 64, que inclui o acesso à alimentação como um dos direitos sociais previstos no artigo 6º da Constituição. A Emenda tem origem na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 47 do Senado, de 2003, de autoria do senador Antonio Carlos Valarades, de Sergipe. Até então, o texto constitucional previa como direitos sociais somente a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância e a assistência aos desamparados. Aprovada no início do mês, esta PEC atende a tratados internacionais aderidos pelo Brasil no intuito de garantir que as ações de combate à fome e à miséria se tornem políticas de Estado, não sendo sujeitas a mudanças administrativas. A inclusão do direito também pode ser uma ferramenta importante para garantir a manutenção ou criação de políticas de apoio à população mais carente, bem como de políticas de combate à miséria. A partir de agora, portanto, o artigo 6º da Constituição terá o seguinte texto: \"São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma da constituição\".Para Rosane Nascimento, presidente do Conselho Federal de Nutricionistas, o fato do Estado ser responsável pela alimentação do povo traz mais confiança na luta contra a fome. Ela imagina que com a medida, as políticas públicas voltadas para esta causa possam se tornar mais frequentes. O novo texto foi publicado no Diário Oficial da União em 5 de fevereiro.



Referência(s):
Proposta de Emenda à Constituição 47/2003. Agência Câmara. Disponível em: http://www.camara.gov.br/sileg/MostrarIntegra.asp?CodTeor=130607. Acessado em 11/02/2010.

Constituição assegura o direito humano à alimentação. Conselho Federal de Nutrição. Disponível em: http://www.cfn.org.br/novosite/conteudo.aspx?IdMenu=220&idConteudo=936. Acessado em 11/02/2010.



* Material extraído do site: www.nutritotal.com.br