Dra. Ana Claudia Montezino - CRN 5510

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

NUTRIÇÃO : ALIADA E INIMIGA DO STRESS



A correria do dia a dia, cumprir metas no trabalho e vida pessoal, além do trânsito e a má alimentação tudo isso colabora para o comum quadro do stressado, quase todos nós. Imagine ainda que todo esse processo piora cada vez mais com a “desnutrição”, um processo que pode iniciar apenas pelo emocional e ir se agravando com o tempo devido a união de fatores acumulativos. Como a Nutrição pode favorecer a piora ou melhora deste quadro é oque vamos discutir no texto abaixo.
Imagine que seu dia começou errado, você acordou atrasado e potanto já saiu tem tomar o café da manhã, ou digamos apenas que vc prefere sempre dormir mais 5 minutinhos ao invés de levantar para fazer sua prmeira refeição, entrando no local de trabalho consegue apenas tomar 1 cafezinho e segue para a primeira reunião do dia, não tão importante quanto a que irá acontecer no horário do almoço. Una-se a isso a preocupação em ser o profissional que deverá ter melhor empenho neste mês pois há a possibilidade de uma promoção, portanto seu sono já não é tranquilo a várias noites. Montamos um quadro propenso ao início de um grande desgaste emocional, que por si só irá desencadear reações químicas no seu organismo, provavelmente algumas substâncias serão liberadas na corrente sanguínea, alterando toda a estabilidade do seu organismo, não vamos nem considerar a possibilidade de você ser uma mulher e estar prestes a entrar no período menstrual, portanto obssecada por doces e chocolates. Com todos estes sintomas a digestão dos alimentos pode tornar-se um processo mais complicado, podemos supor que você seja propenso a gastrite,além disso nutrientes como vitaminas (complexo B por exemplo) e minerais tornam-se mais escassos tornando o organismo mais indefeso, e a queda da imunidade dará início a processos inflamatórios, abrirá o caminho para vírus e bactérias se instalarem no corpo, neste momento indefeso. Até aqui temos a nutrição, neste caso má nutrição, como ALIADA do stress, colaborando para que o quadro continue evoluindo.
Sua próxima opção é, reverter este quadro a favor do corpo e contra a depleção do organismo. É fundamental que os horários das refeições sejam respeitadas, ao menos as 3 principais do dia, café da manhã, almoço e jantar, e sendo assim sua qualidade peça principal para manter um bom perfil de nutrientes. O fator emocional costuma influenciar nas escolhas dos alimentos, um truque para evitar excessos que levem ao arrependimento,é prestar muita atenção ao que for colocado no seu prato, isso torna mais fácil o controle da gula já que você está consciente do alimento que iria escolher (a emoção faz com que nos tornemos compulsivos, comemos sem perceber). Frutas também são uma boa opção para os momentos de desespero, muitas horas de fome levam a uma péssima seletividade, portanto uma maçã na bolsa para os momentos de aperto pode permitir que você tenha tempo de ir até um local próximo e fazer uma refeição ao menos razoável. Muito comum em momentos de stress é a obstipação (intestino preso), tanto pelo aspecto emocional como também pela má alimentação, acabamos aumentando o consumo de pão, bolachas e doces, que contribuem para esse quadro, em tal situação é recomendado tomar bastante água e consumir alimentos ricos em fibras, com grãos integrais (aveia, linhaça, centeio, farelos etc), frutas, legumes cozidos e oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes e outros). Todo esse desgaste emocional poderá acarretar na falta de alguns nutrientes então vitaminas antioxidantes como a Vitamina C irão colaborar com a manutenção da saúde, alguns alimentos indicados são: frutas cítricas ( laranja, tangerina, mexerica, etc.) e, também goiaba, caju, manga, mamão, morango. Vegetais folhosos crus, tomate, repolho e pimentão verde também são boas fontes. Unindo a alimentação a outro fator está a atividade física, dependendo do grau de stress, tal prática pode levar ao invés de uma válvula de escape relaxante, à piora do estado de desnutrição facilitando a ocorrência de lesões e inflamações que irão comprometer cada vez mais a saúde do indivíduo.
Estas são algumas orientações nutricionais que se seguidas podem evitar a evolução de um quadro que torna-se cada vez mais grave caso não seja tratado com a devida importância.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Matéria da Veja - Você é o que você come!

Olá Clientes e amigos do Consultório de Nutrição,

Mais uma vez o equilíbrio prevalece... Sugiro a leitura desta matéria no site da Veja é só clikar no link e aproveitar as informações.

http://veja.abril.com.br/300408/p_114.shtml

Boa leitura!
Ana Claudia Montezino - Nutricionista

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

BENEFÍCIOS DA SOJA (Publicada na Internet em 08.2006)



Quando se fala em um típico prato brasileiro, uma das primeiras opções que vem à nossa mente é o arroz feijão, não é? É claro que os nutrientes deste prato são incontestáveis, mas ninguém gosta de comer todo dia a mesma coisa. E uma ótima sugestão para variar o cardápio com muitos benefícios é a soja.
Para isso existem várias sugestões de preparos, como temperá-la com ervas, substituir a carne pela soja em um preparo de strognoff ou da carne moída em um refogado. Além de ficar com um gosto agradável, os benefícios de consumir a soja são inúmeros, unir sabor a melhorias na qualidade de vida, são boas justificativas para incorporar os pratos de soja à dieta diária.
A nutricionista Ana Cláudia Montezino ressalta outras qualidades do alimento. “A soja ajuda no combate aos sintomas da menopausa, pode ajudar na inibição de doenças cardiovasculares, previne contra alguns tipos de câncer, auxilia na redução das taxas de colesterol e triglicérides, entre outros benefícios”.
A nutricionista afirma ainda que a soja é a leguminosa que mais possui isoflavonas, o que é essencial para o período do climatério da mulher, auxiliando a manutenção óssea através da preservação de cálcio. Além disso, ela é considerada proteína de alto valor biológico, similar ao existente nas carnes.
Uma outra opção de consumo são as bebidas à base de soja, que já são facilmente encontradas no mercado e que também trazem diversos benefícios ao consumidor. “O consumo de 4 copos diários de bebidas à base de soja, sem sabor artificial (por exemplo uva e pêssego) colabora contra o desenvolvimento de doenças cardiovasculares”, destaca a nutricionista.
Ana Cláudia ressalta que depois que se aprende a preparar pratos com soja é mais fácil criar o hábito de consumi-la. “O fornecimento de boas receitas ajuda muito. O preparo inadequado torna o sabor desagradável e assim as pessoas evitam seu consumo”. Para ajudar na hora de escolher uma maneira de preparo, aí vai uma boa receita com soja.

SALADA DE SOJA COM ABACATE
Ingredientes
2 xícaras de chá de soja cozida e sem pele
1 abacate picado em cubos
1 pimentão vermelho picado
½ cebola picada
1 pé de alface picado

Preparo

Retire a película da soja como se faz com o grão de bico.Pique o abacate e misture todos os ingredientes, temperando com azeite extra virgem, sal, limão e sementes de gergelim. Se quiser adicione azeitonas, castanhas ou iogurte.

domingo, 8 de novembro de 2009

NUTRIÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA




É fundamental uma boa nutrição para quem busca saúde. A prática de exercícios, aliada à boa alimentação leva a resultados surpreendentes, chegando-se a conclusão de que uma inexiste sem a outra. Para que se possa aproveitar bem o esforço que você faz indo á academia, ou realizando um treino freqüente é fundamental que a alimentação tenha foco no seu organismo, cada indivíduo tem uma identidade fisiológica diferente, e só conhecendo suas particularidades é possível melhorar o seu potencial.
Uma boa nutrição traz benefícios ao organismo desde a redução e manutenção do peso, até a prevenção e melhora de estados de doença, sendo assim, imagine o que é possível em um organismo saudável, e em plena atividade. Algumas regras são fundamentais e podem ser aplicadas de maneira geral, como:
- Nunca inicie uma atividade física em jejum, ou após muitas horas sem se alimentar, além de piorar o seu rendimento se o objetivo for redução de peso, você só estará atrapalhando o processo de queima de gordura do organismo;
- Mantenha seu corpo hidratado, a falta de líquido leva a sinais de fadiga, que certamente irão prejudicar seu desempenho no esporte, a sede já é um sinal de que seu corpo está desidratado;
- Adeque sua alimentação ao horário em que você inicia seu exercício, a alimentação que deverá ocorrer antes e depois dele, irá mudar de acordo com cada período do dia;
- Não “pule” refeições, esta prática irá fazer com que seu corpo tente economizar mais energia durante o dia, para não ser prejudicado;
- Uma alimentação equilibrada irá melhorar seu estado de saúde, permitindo que a ocorrência de gripes, e outras doenças ocorra com menor freqüência;
- Não exclua grupos alimentares do seu hábito alimentar, sem ter acompanhamento de um nutricionista, você poderá prejudicar seu organismo a longo prazo.

BOM EXERCÍCIO!!!!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Diga NÃO ao Ato Médico

DIVULGUEM, INFORMEM E DIGÃO NÃO AO ATO MÉDICO !!!

O projeto de lei do Ato Médico (PL nº 7.703/2006), na forma aprovada pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP), pela Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJC) e pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), acaba com o direito da população de ter livre acesso aos serviços dos profissionais da saúde. Esse Projeto de Lei transforma os profissionais da saúde em técnicos dos médicos. Ele estabelece que, somente após o diagnóstico nosológico (da doença) e da prescrição terapêutica feita pelo médico, a população poderá ser atendida pelos profissionais da saúde.

Se aprovado, os médicos terão o direito de prescrever os tratamentos em áreas que eles não possuem treinamento e competência como: psicologia, enfermagem, nutrição, fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional, educação física, farmácia, biomedicina, medicina veterinária, odontologia, serviço social, ciências biológicas.

No Brasil, os médicos compõem apenas 344 mil dos 3 milhões de profissionais da saúde. A solução para os graves problemas de saúde do país depende do respeito aos profissionais da saúde e da garantia para a população do livre acesso aos seus serviços.
No lugar de alimentar a indústria da doença, precisamos valorizar os serviços dos profissionais da saúde e disponibilizá-los aos cidadãos, como determina a Constituição Federal.

Assim, além de violentar os direitos de 3 milhões de profissionais da saúde, esse Projeto de Lei coloca em risco a saúde da população, ao delegar aos médicos o exercício de atos privativos para os quais eles não possuem treinamento.

Em especial, solicitamos que o PL 7.703/2006 seja rejeitado na íntegra para que a Câmara dos Deputados possa analisar a matéria com o cuidado necessário, de forma a garantir o amplo debate democrático que o tema requer.

Para impedir que este Projeto de Lei vire LEI, acesse www.atomediconao.com.br é só seguir os procedimentos conforme indicado no site.

PARTICIPEM!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

GESTAÇÃO E NUTRIÇÃO: Combinação perfeita para mãe e seu bebê




Nutrientes são fundamentais para a boa formação do bebê e também para manter uma gestação saudável além de preparar o corpo da mãe para a amamentação. Durante a gravidez, as necessidades nutricionais da mulher ficam aumentadas para a formação dos componentes da gestação, para o crescimento do feto e para formar as reservas que serão utilizadas pela mãe e bebê, durante a lactação. Bons hormônios, funcionamento intestinal e um aumento de peso adequado, garantem o bem estar da mulher que se prepara para o parto. Excesso de peso não é igual a oferta de nutrientes, ao contrário pode significar excesso de gordura e carência nutricional, a mesma carência pode ocorrer com a mãe que se preocupa demais com a dieta, e pouco com a nutrição.
O ideal é que a gestante aumente o consumo de vitaminas e minerais por meio de uma alimentação balanceada, a orientação com profissional capacitado garante que não haja aumento de energia através do aumento no consumo de carboidratos, que normalmente são os mais procurados quando ocorre aumento da fome.
O nutricionista é o profissional indicado para orientar a alimentação de acordo com a necessidade de cada mulher, já que a gestação acarreta transformações constantes em um corpo que tem sua individualidade. Idade gestacional, rotina diária, hábito alimentar, prática ou não de exercícios, saúde e peso deverão ser analisados individualmente para compor uma orientação adequada. Ainda assim resta avaliar a necessidade de suplementação, exemplos importantes de nutrientes habitualmente suplementados são ferro e ácido fólico, vitamina B12 entre outras também devem manter uma taxa adequada. Desta forma fica claro que mais do que “comer por 2”, é fundamental ter “saúde para 2”, neste caso dedique um tempo especial para a alimentação, e procure a orientação de um profissional caso haja alguma dificuldade.


Ana Claudia Montezino - Nutricionista - CRN3 5510

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

GELATINA... POUCO COLÁGENO E MUITA QUÍMICA

Como sabemos a composição dos alimentos vem mudando e muito, este é o caso da tão milagrosa Gelatina... o jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria sobre ela!!

Boa Leitura,

Ana Claudia Montezino

Gelatinas em pó têm muito açúcar e pouco colágeno

http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/noticias/ult263u528644.shtml

Consultório de Nutrição

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

ASSISTAM NO SITE DO CRECI

Aos amigos e clientes do Consultório de Nutrição,

No último dia 23 de Setembro numa parceria entre Creci, a empresa MRA e o Consultório de Nutrição tivemos a oportunidade de ministrar a Palestra: Emoções. Um tema interessante que abordou aspectos psicológicos e alimentares, e seus reflexos na saúde e qualidade de vida.

Para aqueles que tiverem interesse, segue o link do site Creci, onde a palestra poderá ser assistida na íntegra: http://www.crecisp.gov.br/tvcreci/
Após acessar o link, selecione no lado direito da tela no ítem + TV Creci, em seguida palestras a datada de 23 de Setembro.
Aproveitem!

QUEM SOMOS, O QUE FAZEMOS ?



ALIMENTAÇÃO!
PRÁTICA IDEAL PARA SAÚDE.

A nutrição é a chave fundamental para a manutenção da saúde. Em alguns momentos nosso corpo necessita de atenção especial, e isto não deveria ser diferente em qualquer fase da vida. O conhecimento dos nutrientes que são necessários para manter um organismo saudável pode tornar a alimentação uma prática simples e eficaz. Fatores como a vida agitada e o consumo de alimentos de baixa qualidade podem piorar a saúde pela má nutrição.
Saiba como melhorar sua saúde através da alimentação.



Orientação nutricional individualizada.
Acompanhamento para adultos, gestantes, terceira idade, patologias, cirurgias do estômago (gastroplastias- pré e pós operatório), emagrecimento e reeducação alimentar.
Desenvolvimento de Projetos para empresas (palestra, treinamento, assessoria, consultoria).

Atendimento domiciliar.



Informações:
Cel.(11): 94.995.9587
Email: nutrianamontezino@gmail.com